"Quero imaginar sob que novos traços o despotismo poderia produzir-se no mundo... Depois de ter colhido em suas mãos poderosas cada indivíduo e de moldá-los a seu gosto, o governo estende seus braços sobre toda a sociedade... Não quebra as vontades, mas as amolece, submete e dirige... Raramente força a agir, mas opõe-se sem cessar a que se aja; não destrói, impede que se nasça; não tiraniza, incomoda, oprime, extingue, abestalha e reduz enfim cada nação a não ser mais que um rebanho de animais tímidos, do qual o governo é o pastor. (...)
A imprensa é, por excelência, o instrumento democrático da liberdade." Alexis de Tocqueville
(1805-1859)

"A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas." Winston Churchill.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

DIÁRIO DE UM DIA NERVOSO NO TWITTER


* Comentário da faxineira aqui de casa ao saber da nova prisão de Zé Dirceu: "Já, já vão chegar no Lula".

* A nova prisão de Dirceu enterra a repercussão do lançamento de uma bomba contra o Instituto Lula.

* A nova fase da Operação Lava Jato atingiu o site 247, para o qual o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto pediu ajuda em dinheiro.

* Impensável que Dirceu tope fazer delação premiada. Se topasse, o PT, Lula e a República não sobreviveriam.

* Afinal, ninguém do PT sairá em defesa de Dirceu? Isso é justo?

* Sibá Machado (AC), líder do PT na Câmara, saiu em defesa de Dirceu. Melhor que não o tivesse feito. Sibá, pensando, é um desastre. Falando, pior ainda.

* Lula chamou Sarney de "homem incomum". Foi para defendê-lo quando Sarney estava sendo acusado de fazer o que não devia como presidente do Senado. Hoje, um procurador chamou Lula de cidadão comum. Foi para... Deixa pra lá, como diria Ancelmo Góis.

* Parte do governo está na clandestinidade. Citados na Lava Jato, sumiram da mídia os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Comunicação Social).

* Agosto começou como se esperava. E está só no começo.

* O decreto de prisão de Dirceu, assinado pelo juiz Sérgio Moro, é uma peça arrasadora.

* O juiz Moro diz ter provas de que Dirceu recebeu propinas do Petrolão antes, durante e depois do julgamento do mensalão.

* Havia, de fato, uma "calmaria preocupante" nos últimos dias. A calmaria passou.

* A nota oficial do PT, sem referência a Dirceu, prova que o partido o abandonou. E também a Vaccari, ex-tesoureiro, que está preso.

* Nunca antes na história do país um ex-presidente de partido foi preso duas vezes por corrupção. Nunca antes dois ex-tesoureiros acabaram presos pelo mesmo motivo. Virá mais por aí.

* A ordem no governo é blindar Dilma. Quem deu a ordem foi Dilma. Blindar como? Quem acusou Dilma de alguma coisa até agora? Nem a oposição ousou fazê-lo.

* E Dilma, hein? Gravou para o programa de propaganda do PT na televisão que irá ao ar nesta quinta-feira. E agora? Dilma não tem sorte. Nem juízo. E, pelo visto, nem bons conselheiros.

* Vocês acham que nos EUA, por exemplo, um MST invadiria prédios federais? E ficaria por lá à espera de uma decisão da Justiça para desocupá-los?

* Ocupação de propriedades públicas ou privadas nada tem a ver com liberdade e democracia. Tem a ver (preencha aqui)

* Ingrata, essa Dilma. Nem uma palavra em defesa de Dirceu. Logo ela que o substituiu na Casa Civil... Como Lula, ela também de nada sabia?

* Que governo de bobos, o primeiro de Lula. Nem ele, nem a gestora mais brilhante do que ele souberam das armações de Dirceu. Foram surpreendidos. Estão pasmos.

* Diga-se, a favor de Lula, que ele continua acreditando na inocência de Dirceu e dos demais mensaleiros condenados pelo Supremo Tribunal Federal. Para Lula, o mensalão não existiu. E ponto.

* Será que o Petrolão existiu para Lula? Ou também não?

* Pelo menos um governador de Estado, filiado ao PSB, confidenciou a amigos que recebeu, sim, um telefonema de Dirceu pedindo que ajudasse com dinheiro o site 247 do jornalista Leonardo Atuch.

* Ontem, em nota oficial, Atuch reafirmou a independência e pluralidade de opiniões do seu site. Gesto bonito!

* (Eu sei que ironia não funciona por escrito. Mas não resisto. Perdoem.)

* "De que serve a covardia que Lula e Dilma tiveram na ação penal 470 (mensalão) e repetem na Lava-Jato? Agora, estamos todos no mesmo saco". (Dirceu).

* O desabafo de Dirceu foi feito entre amigos e reproduzido há dois meses pelo jornal O Estado de S. Paulo.

* Lula entregou a cabeça de Dirceu no caso do mensalão para salvar a sua. E agora? A cabeça que já rolou será oferecida outra vez para salvar Lula de novo e também Dilma?

04 de agosto de 2015
Ricardo Noblat

DIRCEU... GUERREIRO... DO POVO BRASILEIRO!

José Dirceu o "herói do povo Brasuca" foi pra tranca outra vez!!!

Bem meus amigos, pelo visto Zé Dirça triplicou a meta, foi em cana pela terceira vez em uma existência.

Desta vez foi trancafiado por se envolver nas maracutaias do PTrolhão...

E pensar que o idiota do Zé de Abreu, aquele boquirroto "grobau" que dizia que seria o novo ministro da cultura no primeiro mandato da Jumenta e só se phodeu, andou se vangloriando de cooperar na "vaquinha" para pagar as multas do processo do mensalão.... Zé de Abreu...pensa num sujeito idiota. Pois é... 

Dirça recebeu nesse tempo todo perto de 96 mil reaus por mês só nas trampolinagens....
Ser PTralha definitivamente é um exercício à imbecilidade.
Bem, Dirça cai em cana outra vez, e com essa nova tranca perde os benefícios marotos que os capachos do STF conseguiram arranjar para ele ficar fora da cadeia.

Se na primeira condenação o "bonitão" entrou até gordinho na cadeia e quando saiu estava um trapo, dessa vez ele certamente vai cheirar o cangote do Cramulhão...AMÉM!!! 
É meus caros, a cana dura quebra a crista de todo mundo, até de tipinhos arrogantes e prepotentes como esse aí.

Agora veremos os desdobramentos de mais essa prisão do meliante vermelho, será que ele ainda vai continuar sendo tratado pelos militontos como o "Herói do povo Brasileiro", ou vai ser apenas um laranjão que vai segurar toda essa bronca sozinho para aliviar o lado do EX presidente Bebadus Lunáticus e da Jumenta Dentuça.

Pelo visto o juiz Moro está fazendo tudo com muito critério e segurança para não ser torpedeado pela tropa de choque dos capachos PTralhas que infestam o plenário do STF.
Dirça levou junto seu irmão e mais alguns funcionários da sua empresa de Trambiques & Trampolinagens, pelo visto ser amigo do Dirça pode fazer mal à liberdade pessoal.

Hoje tive a sensação de que o Brasil ainda tem salvação, a justiça, ao menos a de Curitiba está torpedeando as intenções dos bandidos vermelhos em phoder o Brasil. Agora depende, e muito de nós, povo, irmos às ruas e colocar essa cambada para correr.

Outra sensação boa é a de que a merda começou a chegar ao queixo do Bebum de Garanhuns, e ele como bom covarde que sempre foi deve estar apavorado com a possibilidade de ir parar no xilindró e ter que virar "maria de cela" para algum cumpanheru.

Mas, o MST já começou a fazer presepada invadindo órgãos públicos com a intenção de embaçar a prisão do malaco vermelho, só que desta vez não vai colar, o mundo está de olho na operação 19 ou 20 da Lava Jato que certamente vai bater ás portas de um certo apartamento em São Bernardo do Campo. Mas enquanto isso não acontece o EX presidente bebadus Lunaticus faz de conta que nem sabe quem seja Dirça. Afinal, lembrem que no mensalão o Lunáticus nunca foi visitar o cumpanheru na Papuda.

A casa parece estar caindo no ninho das ratazanas Vermelhas, o que é mais legal é ver o mimimi dos PTralhas de segundo escalão no Twitter e fakebuque berrando que é mais uma prisão política injusta e truculenta promovida contra os PTraalhas pelazelitedoóioazul.

Tem alguns que estão berrando que tudo o que está acontecendo é feito de maneira a levar o malaco Vermelho para a cova.....  Assim espero!!!
E haja Arakiri Baiano!!

Ai que peninha.....

E...Dirça...leva um casaquinho pq na cela da PF em Curitiba faz frio.

Agora veremos o que os Juízes de fidelidade canina com o PT farão para livrar o comparsa. Pq certamente veremos coisas que até Deus há de duvidar!!!!

Ahhh!!!
E cá entre nós, esse pústula ir pela terceira vez dar com o costado na tranca é sinal de que o problema dele nunca foi ideológico e sim de caráter!!!!

04 de agosto de 2015
omascate

CONTRA A MENTIRA, A ROUBALHEIRA E PELA CASSAÇÃO DO REGISTRO PARTIDÁRIO DO PT!

A MEGA MANIFESTAÇÃO DE 16/AGOSTO PARA JOGAR A PÁ DE CAL SOBRE O CADÁVER DO PT.



O que segue é uma notícia do que rola na Câmara dos Deputados. Na sequência eu comento. Leiam:
Um acordo desenhado com a participação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve excluir o PT do comando das quatro Comissões Parlamentares de Inquérito criadas pela Casa nas próximas semanas. Entre elas estão a CPI do BNDES e a dos Fundos de Pensão, que têm potencial para atingir diretamente o governo.
Ao DEM, caberá a presidência da CPI dos Fundos de Pensão. A CPI do BNDES será presidida pelo PMDB. A relatoria da primeira CPI deve ficar com um peemedebista, enquanto a segunda terá um deputado do PR como relator.
"O PT pleitear presidência das comissões é legítimo ao partido, mas ele vai ter que construir uma maioria de votos necessária para a eleição. Não parece provável neste momento", disse nesta segunda-feira o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), líder da minoria na Câmara.
Apesar do acordo, o PT ainda se esforça para ficar com pelo menos um posto de comando. O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), diz que o bloco formado pelo PT, pelo PR e outros partidos, é que tem direito à relatoria da CPI do BNDES. 
"Quem decide é a base. Nem o presidente nem a oposição decide quem vai ser o relator de uma CPI. É o direito do bloco", que também assegurou: "Era só o que faltava a primeira bancada da Câmara ficar fora dos comandos da CPI", afirmou o petista nesta segunda.
As investigações sobre o BNDES podem expor ainda mais a rede de corrupção envolvendo autoridades do governo e grandes empreiteiras, além de jogar luz sobre o papel do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na obtenção de negócios para essas companhias no exterior. Lula já é investigado por tráfico de influência justamente por sua atuação em favor da Odebrecht.
As outras duas CPIs que sairão do papel investigarão os crimes cibernéticos e os maus tratos a animais. Elas serão presididas por PSDB e PSD, respectivamente.
MEU COMENTÁRIOO que acabaram de ler é uma coisa absurda e que chega em forma de notícia absolutamente normal, ou seja, o fato do PT estar pleiteando a participação e até mesmo a condução de CPIs, quando na verdade esse ajuntamento de psicopatas e ladravazes deveria no mínimo estar amargando uma cela do tal “sistema prisional”, designação politicamente correta de “cadeia”. Aqui neste blog é cadeia. 'Sistema prisional', o cacete!
Os brasileiros honestos, trabalhadores e estudantes verdadeiros, já não suportam mais ler, ver e ouvir este tipo de noticiário mentiroso, debulho de vísceras suínas para encher linguiça. 
O que milhões de brasileiros vão cobrar nas ruas na mega manifestação nacional anti-PT, a imediata proscrição do PT e seus satélites, como o deletério PSOL, PSTU e ajuntamentos de psicopatas similares.
Esses vagabundos têm de ser banidos da vida política nacional para sempre, além do que empresas estatais têm de desaparecer do cenário econômico brasileiro. Tem de privatizar tudo, a começar pela Petrobras esse cabide de emprego para profissionais do roubo de dinheiro público.
A raiz da corrupção e da roubalheira está justamente na estatização da economia. Estivesse nas mãos da iniciativa privada eu queria ver se haveria tudo isso que está acontecendo. 
O que causa espécie é o fato, ainda, de se cogitar a participação do PT e seus satélites em comissões parlamentares de inquérito.
Tenham paciência, mas isso é uma piada de mau gosto. Os brasileiros, com razão, estão de saco cheio de ver essas histórias aparecerem na grande mídia como uma coisa normal.
Ah!, ia esquecendo. Vejam que essa malta que domina a Câmara está criando o quê mesmo? Duas CPIs, uma de crimes cibernéticos. Fala sério! E outra de maus tratos a animais!, ambas CPIs destinam-se apenas ao exercício da deletéria 'engenharia social'.
Bando de vagabundos, mentirosos, safados. A mim e aos leitores deste blog vocês não enganam. Nem que a vaca tussa!

04 de agosto de 2015
in aluizio amorim

RECORDAR É VIVER...



Às vésperas da campanha de 2010, Dilma adotou Nego, o cachorro do Zé Dirceu.Nunca mais se ouviu falar dele. Hoje a ordem é blindar Dilma contra José Dirceu. 
Nego e Zé Dirceu fazem parte do passado, do mundo petista do eu não sabia.

04 de agosto de 2015
in coroneLeaks

DIRCEU ARRASTA PT DE VEZ PARA A LAMA



(Estadão)O governo avalia que a prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu acirra mais os ânimos contra o PT e a presidente Dilma Rousseff e aumenta o clima de beligerância no País num momento crucial, em que ela precisa de apoio para enfrentar a pressão dos que querem o impeachment. Auxiliares de Dilma temem que a investigação atinja o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo sem provas concretas.

O assunto foi tratado em conversas reservadas entre ministros, ontem, antes da reunião de coordenação política. A ordem no Planalto é proteger Dilma do novo escândalo, que tem potencial para dar munição aos protestos marcados para o dia 16, em todo o País, contra o governo e a corrupção.

A prisão de Dirceu na 17.ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco, também provocou preocupação na cúpula do PT. Dirigentes da corrente majoritária Construindo um Novo Brasil, de Lula e Dirceu, discutiram os desdobramentos da crise ontem, em Brasília, e hoje haverá reunião da Executiva Nacional. Petistas receberam informações de que integrantes da Polícia Federal e do Ministério Público estariam dizendo aos presos: “Se você entregar o Lula, sairá rapidinho.”

Um ano depois de participar ativamente da fundação do Partido dos Trabalhadores, José Dirceu assume o cargo de secretário de Formação Política da legenda, posto que ocupa até 1983. No partido ainda comanda a Secretaria-Geral do Diretório Regional de São Paulo (1983-1987) e a Secretaria-Geral do Diretório Nacional (1987-1993).

Um ano depois de participar ativamente da fundação do Partido dos Trabalhadores, José Dirceu assume o cargo de secretário de Formação Política da legenda, posto que ocupa até 1983. No partido ainda comanda a Secretaria-Geral do Diretório Regional de São Paulo (1983-1987) e a Secretaria-Geral do Diretório Nacional (1987-1993).

Dirceu candidata-se ao governo do Estado de São Paulo - termina em terceiro lugar - depois de ser eleito deputado estadual (1986) e deputado federal (1990). Ele voltaria a ser eleito para a Câmara dos Deputados em 1998 e 2002.

 Assume a presidência nacional do PT, cargo para o qual é reeleito por três vezes. Na última delas, em 2001, Dirceu é escolhido diretamente pelos filiados da legenda em um processo inédito de eleições diretas para todos os postos de comando de um partido político.

Um dos responsáveis pelo pragmatismo político que levou à vitória de Lula na campanha à Presidência em 2002, Dirceu deixa o comando do PT e se torna coordenador político da equipe de transição. “Dirceu é dono do espaço que quiser ocupar”, dizia Lula na época.

O “homem forte do governo” licencia-se da Câmara dos Deputados para assumir a função de ministro-chefe da Casa Civil. No cargo, tenta fechar um acordo entre o governo e o PMDB sem sucesso. O Planalto, então, reorienta a formação da maioria no Congresso a partir de acordos com partidos mais fisiológicos

Denúncia de propina derruba Waldomiro Diniz, subchefe de Assuntos Parlamentares, homem de confiança de Dirceu. O assessor foi exonerado após suspeita de ter recebido propina de bicheiros para a campanha do PT, em 2002. Foi o primeiro caso de corrupção envolvendo um integrante da gestão.

Dirceu deixa a Casa Civil após o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) denunciar o pagamento no governo Lula de “mesada” por parte do PT a parlamentares em troca de apoio. Ele retorna à Câmara, mas no fim do ano tem o mandato cassado. Um ano depois, Dirceu é denunciado pelo Ministério Público, que o aponta como “chefe de quadrilha”.

Um ano depois de ser condenado pelo Supremo pelos crimes de corrupção e formação de quadrilha, cuja pena é de 10 anos e 10 meses de detenção, Dirceu é preso em São Paulo. Ele começa a cumprir parte da pena no regime semiaberto, já que para o crime de quadrilha ainda resta um recurso pendente. Três meses depois, o Supremo o absolve pelo crime de quadrilha, e Dirceu consegue permanecer no semiaberto.

Supremo autoriza progressão de regime e Dirceu é liberado para cumprir em casa o restante da pena imposta por corrupção no mensalão. Condenado a 7 anos e 11 meses de prisão, Dirceu teve 142 dias da pena original descontados, por ter trabalhado enquanto esteve no regime semiaberto.

Surgem as primeiras denúncias sobre a ligação da consultoria de Dirceu, a JD Assessoria, com as empresas envolvidas na Lava Jato. A suspeita era que a consultoria prestava serviço semelhante ao de Youseff: elas emitiam notas fiscais para as maiores empreiteiras do País por assessorias e outros serviços fictícios.

A justiça apura o recebimento de R$ 29 milhões entre 2006 e 2013 da JD. Desse montante, R$ 8 milhões de empreiteiras acusadas operação por pagarem propinas dos contratos com a Petrobrás. Os documentos foram pedidos para a investigação.

Milton Pascowitch, da Jamp Engenheiros Associados, detalha em delação premiada o envolvimento com JD de Dirceu. Ele falou muito sobre Dirceu, passou muitos detalhes, situações. Em troca, conquistou pouco tempo depois um primeiro benefício, a prisão domiciliar. Dirceu, por sua assessoria, negou taxativamente irregularidades no negócio.

Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, apresentou à Procuradoria-Geral da República um documento que descrevia três pagamentos, no total de R$ 3,2 milhões, à JD Assessoria e Consultoria. O documento também citava Aloizio Mercadante e Edinho Silva (PT).

Durante o interrogatório, o lobista Julio Camargo afirmou que o ex-ministro teria recebido propina de R$ 4 milhões do diretor da Petrobrás Pedro Barusco, fato também negado pela defesa. Pedro Barusco depõe e reforça o envolvimento do ex-ministro da Casa Civíl. 'O nome dele (Dirceu) aparecia nas conversas. Agora, se ele efetivamente recebeu, não era papel meu. Eu cuidava da parte da Casa e já era difícil. Eu não me envolvia com esse negócio do partido' 

Acuado pela Lava Jato, José Dirceu pede habeas preventivo. O pedido foi negado duas vezes pelo TRF da 4ª Região, e depois, pela 3ª vez, em caráter definitivo. Condenado no mensalão, ex-ministro está sob investigação por suposto recebimento de propinas disfarçadas na forma de consultorias, por meio de sua empresa JD assessoria, já desativada; irmão e ex-assessor também foram presos.

Segundo o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, a investigação revela que o ex-ministro teve papel crucial na instalação do modelo que abriu caminho para o cartel de empreiteiras que se apossaram de contratos bilionários na estatal mediante pagamento de propinas para políticos e ex-diretores da Petrobrás.

A nova fase da Lava Jato foi batizada de Operação ‘Pixuleco’. O termo era usado pelo tesoureiro do PT João Vaccari Neto para tratar do dinheiro, segundo afirmou o empreiteiro Ricardo Pessoa, em sua delação premiada

Em nota, o presidente do PT, Rui Falcão, refutou as acusações de que o partido teria realizado operações financeiras ilegais ou participado do esquema de corrupção na Petrobrás, conforme relato no acordo de delação premiada feito pelo lobista Milton Pascowitch. A nota não cita Dirceu. Pascowitch acusou o ex-ministro de comandar o desvio de recursos na estatal e disse ter entregue R$ 10,5 milhões na sede do PT, em São Paulo.

Berlinda. A investigação da PF joga novamente os holofotes sobre o PT, dez anos depois do escândalo do mensalão. Agora, o receio do Planalto e do partido é de que novas delações compliquem mais o cenário político. Dirceu foi homem forte do PT e do governo Lula e ainda tem influência sobre a legenda. “A Polícia Federal e o juiz Sérgio Moro não deixam a gente entrar na agenda positiva”, disse um ministro ao Estado.

Na semana passada, o governo achava que o reinício dos trabalhos do Congresso seria difícil, principalmente por causa do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), que rompeu com Dilma e tem o nome envolvido na Lava Jato. Assessores da presidente acreditavam, porém, que a denúncia contra Cunha – acusado pelo lobista Júlio Camargo de cobrar propina de US$ 5 milhões – poderia desviar o foco da pressão sobre Dilma.

Agora, o diagnóstico é de que tudo vai piorar. Amigos de Dirceu disseram ao Estado que ele esperava a prisão e, por isso, está “tranquilo”. Apesar de magoado com Dilma e com Lula, sob alegação de que não o teriam defendido, o ex-ministro não pretende apontar o dedo para ninguém.

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, disse que o esforço do governo é evitar que os problemas na política contaminem a economia. “A gente dorme e acorda com uma notícia dessas. Do ponto de vista do ambiente de negócios, essa é a preocupação, porque precisamos ter estabilidade. As investigações seguem e o País também segue, com suas empresas e a economia funcionando.”

Irritado com acusações da oposição, que tentaram associar Dirceu a Lula e Dilma, o senador Jorge Viana (PT-AC) partiu para o ataque. “A oposição está num papel muito apequenado e não aguenta nem meia Lava Jato”, reagiu. “Por que se apura a ação de algumas figuras e de alguns partidos e não se apura de outros? É um jogo de cartas marcadas?”

04 de agosto de 2015
in coroneLeaks

O MAIS IMPORTANTE DOCUMENTO DE NOSSA HISTÓRIA


Quando agosto chega, cada vez menos se pronuncia o nome de Getúlio Vargas, apesar de ter sido, de longe, o maior estadista do país. 
Em sua homenagem, vale reproduzir hoje sua derradeira mensagem, o mais importante documento de nossa História:
“Mais uma vez as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim.
Não me acusam, insultam. Não me combatem, caluniam e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação para que eu não continue a defender, com o sempre defendi, o povo e principalmente os humildes.
Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros internacionais, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Iniciei o trabalho de libertação e instaurei um regime de liberdade social.
Tive de renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo.  A campanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime de garantia do trabalho.
A lei de lucros extraordinários foi detida no Congresso. Contra a justiça da revisão do salário mínimo se desencadearam os ódios. Quis criar a liberdade nacional na potencialização de nossas riquezas através da Petrobras e, mal começa a funcionar, a onda de agitação se avoluma. A Eletrobras foi obstaculada até o desespero. Não querem que o trabalhador seja livre. Não querem que o povo seja independente.
Assumi o governo dentro da espiral inflacionária que destruía os valores do trabalho. Os lucros das empresas estrangeiras alcançavam até 500% a ano.  Nas declarações de valores do que importávamos existiam fraudes constatadas de mais de 100 milhões de dólares por ano.
Veio a crise do café, valorizou-se o nosso principal produto. Tentamos defender seu preço e a respostas foi violenta pressão sobre nossa economia, a ponto  de sermos obrigados a ceder.
Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a uma agressão constante, incessante, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo, renunciando  a mim mesmo para defender o povo, que agora se queda desamparado.
Nada mais vos posso dar a não ser o meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida. Escolho este meio de estar sempre convosco.
Quando vos humilharem, sentireis minha alma sofrendo a vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vosso peito a energia para a luta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem, sentireis no meu pensamento a força para a reação. Meu sacrifício nos manterá unidos e meu nome será a vossa bandeira de luta.
Cada gota de meu sangue será uma chama imortal na vossa consciência e manterá a vibração sagrada para a resistência. Ao ódio, respondo com o perdão. E aos que pensam que em derrotaram, respondo com a minha vitória.
Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo jamais será escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue será o preço de seu resgate.
Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia não bateram meu ânimo.  Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no  caminho da eternidade e saio da vida para entrar na História.”

04 de agosto de 2015
Carlos Chagas

QUEDA DO PIB APONTA PARA MENOS 1,8% É A PIOR RECESSÃO EM 30 ANOS



Não esquecer que há uma semana atrás Dilma declarou que o PT roubou 1% do PIB com a Lava Jato.

(Folha) Economistas e instituições financeiras ampliaram novamente a queda prevista para o PIB em 2015, que foi para 1,80%, quando considerado o centro das previsões (mediana). Há uma semana, esperava-se queda de 1,76%, segundo dados do boletim Focus do Banco Central. 

Para 2016, é esperada recuperação de 0,20%, a mesma expectativa da semana passada.Com a alta recente do dólar, que fechou julho cotado a R$ 3,42, as estimativas dos economistas também foram ajustadas para cima. Espera-se que a taxa de câmbio feche o ano em R$ 3,35. Há uma semana, a previsão era de R$ 3,25.Para 2016, espera-se uma taxa de câmbio em R$ 3,39. Há uma semana, esperava-se uma taxa em R$ 3,40.

IPCA E SELIC
A expectativa para inflação foi novamente ajustada para cima, e deve ficar em 9,25% —há uma semana, esperava-se inflação em 9,23%, acima do teto da meta do governo, de 6,50%.Para 2016, foi mantida a previsão de uma inflação em 5,40%, acima do centro da meta, de 4,50%. A taxa Selic deve ser mantida até o fim de 2015 nos atuais 14,25% ao ano, segundo as previsões. Para 2016, espera-se uma Selic em 12%.

04 de agosto de 2015
in coroneLeaks

BRASIL NÃO TEM DOIS ANOS SEGUIDOS DE RECESSÃO DESDE 1931


A recuperação da economia brasileira deverá ser realmente lenta. As projeções feitas por bancos e consultorias já têm apontado uma retração mais forte do que o previsto para 2015 e uma recessão para o ano que vem. Na sexta-feira, a equipe de economistas do Credit Suisse, chefiada pelo economista Nilson Teixeira, revisou sua projeção de queda para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano de 1,8% para 2,4%. Também foi revista a projeção para 2016. Antes, a previsão era de um crescimento de 0,6%. No relatório desta sexta-feira, a projeção para o PIB de 2016 virou uma recessão de 0,5%.
“Essa seria a primeira vez desde 1930-1931 que o País teria uma recessão por dois anos consecutivos”, destacaram no documento os economistas do Credit Suisse. Naquela época, a economia mundial sofria os efeitos da Grande Depressão de 1929. Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o PIB, naquele período, recuou 2,1% em 1930 e 3,3% no ano seguinte.
No cenário traçado pelos outros bancos do País, o Itaú também prevê recessão para 2016 – a economia deverá encolher 0,2%. O Bradesco prevê estagnação para o ano que vem, e o Santander, um pequeno crescimento de 0,1%.
FORTE CONTRAÇÃO
Para a equipe do Credit Suisse, a dinâmica dos principais indicadores de atividade, como o IBC-Br, por exemplo, indica que o PIB deve sofrer uma significativa contração no 2.º trimestre: “Não descartamos também uma contração no terceiro trimestre de 2015 devido à dinâmica desfavorável nos setores de agropecuária, indústria e serviços. Com isso, esperamos que o crescimento do PIB ante o trimestre anterior recue 1,9% no segundo trimestre de 2015, 0,4% no terceiro e 0,1% no quarto trimestre.”
Na avaliação do Departamento Econômico do Credit Suisse, a maior queda do PIB em 2015 reduz o carrego para 2016. “A estabilidade do PIB no patamar do quarto trimestre durante todos os trimestres de 2016 implicaria em um crescimento negativo do PIB de 0,6% em 2016.
Com isso, nossa previsão de uma contração de 0,5% em 2016 é compatível com uma expansão do PIB de 0,1% ao trimestre na comparação com o trimestre anterior, muito abaixo da média de 0,4% entre o primeiro trimestre de 2011 e o primeiro de 2015”, afirmam os economistas.
###

NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
 – Lula deveria encher a boca e dizer: “Nunca antes, na História deste País, se viu uma crise econômica como esta…”. (C.N.)


Francisco Carlos de Assis e Luiz Guilherme Gerbell
O Estado de S. Paulo

DILMA CAI OU NÃO CAI?



Minha resposta, quase diária a quem me faz essa pergunta é: 
“A presidência da Sra. Dilma Rousseff já acabou, c’est fini”. E isso corresponde aos fatos. 

Temos um governo no qual muitos mandam e onde a pessoa que deveria por ordem na casa só aparece para falas em que sujeitos, predicados e complementos trocam empurrões sem saber seu lugar na frase nem qual a ideia que deveriam expressar.
Se tudo balança, é muito improvável que algo não caia. E a presidente é, nesse sentido, a possibilidade mais viável. O presidencialismo, mesmo em tempos de normalidade, precisa de liderança. E Sua Excelência está na situação do sujeito que abriu uma empresa registrando como ativo um patrimônio que não tinha. Foi anunciada ao povo como o braço direito de Lula, a mãe do PAC, a gerentona, a mestre em economia. Conseguiu esticar a validade desse suposto legado até a contagem dos votos no dia 26 de outubro do ano passado.
Já no Dia de Todos os Santos, nem Franklin Martins e João Santana, juntos, conseguiam o milagre de ocultar à opinião pública o fato de que os sucessivos governos petistas haviam construído, com caprichosa irresponsabilidade, um caos perfeito.
O CORRETOR LULA
Luiz Inácio Lula da Silva, hoje, é um conhecido corretor da praça. Outrora exerceu a presidência da República e desde então escolheu seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, para a função de gabarito com o qual periodicamente se mede. Sempre com vantagem, desde seu ponto de vista. Pois ao sugerir um encontro reservado com o antagonista preferido, o corretor Lula emite sinais muito claros de que a casa do PT, há bom tempo instalada no Palácio do Planalto, balança perigosamente. Se Lula quer negociar é porque percebeu a depreciação. Hora de vender.
Ele sabe que Dilma será a coveira de suas ambições se continuar no cargo até 2018. Em mais três anos ela acaba com suas pretensões, com o próprio partido e com o país. Portanto, vejo como muito possível que, em algum momento, o fim da presidência de fato levará ao fim da presidência de direito. Muitos já tratam desse tema. Ele está na pauta do Congresso e é falado nos corredores do TCU e do STF. Estará na pauta das mobilizações populares, a partir do dia 16 de agosto.
E entrou na pauta do corretor Lula. Ele tem consciência de que uma parcela imensa da sociedade, do clube de bridge à rinha de galo, foi afetada pela barafunda ideológica e pelos aparelhamentos que o levaram ao poder. E não terá o menor escrúpulo, o corretor Lula, em usar a seu favor o que venha a acontecer até 2018. Nesse maldito presidencialismo de compra e venda, o perigo continuará rondando o Brasil.

04 de agosto de 2015
Percival Puggina

PT AFUNDA O BRASIL



Coluna de Aécio Neves, presidente do PSDB, na Folha de São Paulo, hoje, intitulada "Ascenção e queda":

Em 2008, quando o Brasil recebeu da agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) o grau de investimento, o então presidente Lula e todo o seu governo comemoraram.Era o reconhecimento de que somos "um país sério, que tem políticas sérias, que cuida de suas finanças com seriedade", disse Lula. Semana passada, a mesma instituição alterou a perspectiva da nota de crédito do Brasil para negativa. 

Em bom português, corremos o risco de perder o selo de bom pagador conferido pelo grau de investimento. Isso não é pouco. Goste-se ou não dessas agências, elas influenciam o mundo dos negócios e o mundo da economia. 

O rebaixamento do Brasil tende a provocar um movimento perturbador em cadeia. Empresas (e até estados e municípios) também são impactados. Outras agências de classificação podem seguir o procedimento e, se duas cortam a nota, vários fundos estrangeiros tendem a retirar os recursos do país. 

Resultado: alta do dólar, juros mais altos, empresas retraídas, aumento do desemprego. É um cenário de muitas perdas.O selo de bom pagador não foi uma benesse gratuita. O Brasil fez com rigor o seu dever de casa, desde a implantação do real. Contas públicas sob controle, transparência, Lei de Responsabilidade Fiscal, foram muitos os degraus que subimos, gradualmente, até vir a merecer a confiança de investidores e o respeito da comunidade internacional. O governo petista vem se encarregando de destruir esse legado. 

A má gestão da política econômica e a corrupção voraz como pilar de um projeto de poder foram letais para a saúde do país. O resultado é essa conta salgada nas costas da sociedade: recessão, inflação beirando os dois dígitos, inadimplência elevada, conquistas sociais em risco. 

São muitos os sonhos que se perdem quando um governo erra tanto. A compra do apartamento, a escola melhor para o filho, o novo plano de saúde, a troca do carro, tudo se esvai. 

E o que faz o governo? Nada à altura do problema que ele mesmo criou. Aliás, o governo sequer assume que errou. Não vem a público falar da gravidade da situação e do que pretende fazer. Ao contrário, continua a vender quimeras. 

A presidente anuncia que a crise será breve no mesmo dia em que o governo apresenta um rombo inédito em suas contas públicas. No mesmo dia em que se anunciam mais cortes em áreas essenciais como educação e saúde. 

Salta aos olhos o desajuste entre o discurso oficial e a realidade. Assim, realmente, não há como reconquistar a confiança de ninguém. Nem de agências internacionais, nem, principalmente, dos brasileiros. Em sete anos, o que o Brasil mais perdeu foi credibilidade, em grande parte porque ainda hoje o governo nos tem privado da verdade

04 de agosto de 2015
in coroneLeaks

CONHEÇA OS "SUSPEITOS" DE AMEAÇAR BEATRIZ CATTA PRETA



Pansera, professor de Letras, é um dos suspeitos
A ex-advogada Beatriz Catta Preta afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que renunciou à defesa dos delatores da Operação Lava Jato porque teme sofrer algum tipo de violência. “Sou ameaçada de forma velada, insistentemente, por pessoas que se utilizam da mídia para tanto, bem como pelas declarações de políticos membros da CPI“, afiançou.
Isso quer dizer que agora as ameaças se resumem realmente à CPI da Petrobras, não foram feitas diretamente à ex-advogada, não envolveram sua família e muito menos seus filhos. Ao contrário do que ela fez entender, ao afirmar que as ameaças eram veladas e cifradas, conforme declarou ao Jornal Nacional, nesta entrevista ao Estadão ela revela agora que as tais ameaças são feitas através da mídia ou em declarações de membros da CPI. Isso significa que as ameaças são públicas e podem ser facilmente encontradas nos arquivos das empresas de comunicação ou mesmo na internet.
Mas se todas essas supostas ameaças foram publicadas em jornais e revistas ou transmitidas por rádio e televisão, por que não causaram surpresa nem constrangimento a ninguém? Por que não houve a menor reação da opinião pública, porque a mídia e as autoridades policiais não perceberam nada?
APENAS ELA PERCEBEU…
Fica claro que apenas a experiente advogada Catta Beatriz Preta percebeu o perigo que havia por trás dessas declarações de membros da CPI. E ela se sentiu de tal forma perseguida que abandonou os clientes milionários, indenizou seus empregados, fechou o bem-sucedido escritório de advocacia em São Paulo, decidiu abandonar a profissão e viajou de férias para Miami, vejam a que ponto chegou o desespero desta desprotegida criatura, considerada uma das maiores criminalistas do país.
Por dever de ofício, tenho acompanhado as sessões da CPI da Petrobras e lido as entrevistas concedidas pelos integrantes aos principais jornais e revistas. Sinceramente, não li uma só declaração que contivesse ameaça à advogada, até porque a maioria dos deputados da comissão fazem oposição ao governo, querem derrubar Dilma Rousseff e não têm o menor interesse em atrapalhar as delações. Quanto aos deputados que permanecem na base aliada, que poderiam ter interesse em tumultuar a CPI e as delações, para tentar a anulação dos processos, também jamais vi nenhuma declaração que contivesse a menor ameaça à advogada, que até agora não mencionou os nomes de um só dos impiedosos parlamentares que a levaram a essa situação-limite.

Hugo Motta, de 25 anos, é o principal suspeito
MUITO ESTRANHO
É uma situação estranha. Lembrem que ao Jornal Nacional a advogada Catta Preta dissera que eram “ameaças veladas e cifradas”, fazendo crer que se tratava de mensagens misteriosas e secretas, cada um de nós as imaginava de um jeito. Agora, ao Estado de S. Paulo, ela revela que as ameaças vêm através de notícias na mídia e declarações de membros da CPI. E inclui até um advérbio de modo, ao afirmar que vem sendo ameaçada “insistentemente”.
Na tradução simultânea dessas entrevistas mal alinhavadas, tudo indica que o principal suspeito é o presidente da CPI da Petrobras, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que deu a maioria das declarações a respeito da convocação de Catta Preta. E outro suspeito é o deputado Celso Pansera (PMDB-RJ), autor do pedido de convocação da advogada, aprovado por unanimidade na CPI.
Hugo Motta é um jovem médico paraibano, de apenas 25 anos, que está iniciando seu segundo mandato parlamentar, não assusta nem criança de pré-primário, como se dizia antigamente. E Celso Pansera, em primeiro mandato, é um belo exemplar de ilustre desconhecido, um professor de Letras que parece também não servir para assustar ninguém.
Bem, por via das dúvidas, vou conferir novamente tudo o que se falou sobre Catta Preta, para ver se consigo localizar as ameaças.

04 de agosto de 2015
Carlos Newton