"Quero imaginar sob que novos traços o despotismo poderia produzir-se no mundo... Depois de ter colhido em suas mãos poderosas cada indivíduo e de moldá-los a seu gosto, o governo estende seus braços sobre toda a sociedade... Não quebra as vontades, mas as amolece, submete e dirige... Raramente força a agir, mas opõe-se sem cessar a que se aja; não destrói, impede que se nasça; não tiraniza, incomoda, oprime, extingue, abestalha e reduz enfim cada nação a não ser mais que um rebanho de animais tímidos, do qual o governo é o pastor. (...)
A imprensa é, por excelência, o instrumento democrático da liberdade." Alexis de Tocqueville
(1805-1859)

"A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas." Winston Churchill.

terça-feira, 14 de junho de 2016

LEI DAS ESTATAIS

GEDDEL E LÍDERES SE REÚNEM PARA DEBATER REGRAS SOBRE NOMEAÇÕES EM ESTATAIS
EXPECTATIVA É QUE PROPOSTAS COMECEM A SER ANALISADAS HOJE NA CÂMARA


EXPECTATIVA É QUE PROPOSTAS COMECEM A SER ANALISADAS HOJE NA CÂMARA. FOTO: ANTONIO CRUZ/ABR


O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, está reunido na manhã desta terça-feira, 14, com líderes de partidos da base aliada na Câmara dos Deputados para discutir detalhes dos projetos de Lei de Responsabilidade das Estatais e que estabelece regras para indicação de dirigentes de empresas estatais e fundos de pensão. A expectativa é de que as propostas comecem a ser analisadas ainda hoje no plenário da Casa.

O governo tenta costurar acordo com líderes, principalmente sobre as regras para nomeação de dirigentes. Líderes partidários querem retirar da matéria a previsão de que os indicados precisam ter experiência mínima na área que vão ocupar e a exigência de não terem participado de atividades político-partidárias nos últimos três anos. Nos bastidores, lideres dizem que regras como essas tornam inviáveis indicações de aliados seus para esses cargos.

A Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) divulgou ontem nota criticando alguns pontos projeto dos fundos de pensão. O projeto, já aprovado no Senado e que tramita na Câmara em regime de urgência, tem colocado fundos de pensão e governo em lado opostos, uma vez que acarreta em mudanças obrigatórias para as fundações.

Dentre os itens que merecem ajustes, na visão da entidade, estão as mudanças relacionadas aos conselheiros independentes, o processo de seleção dos dirigentes, mandatos e conflito de competência. Como está, argumenta a Abrapp, o projeto poderá causar elevação "desnecessária" dos custos administrativos das fundações.



14 de junho de 2016
diário do poder

VIRADA NA COMISSÃO DE ÉTICA VAI ALÉM DE UM REVÉS PARA EDUARDO CUNHA, RESPINGA NO SENADO E TORNA IMPEACHMENT IRREVERSÍVEL



Enfim o Conselho de Etica da Câmara derrubou Eduardo Cunha. Lembram-se que era o que o PT queria isso a todo custo? Entretanto, a mudança de comportamento dos parlamentares parece que já não é balizada pela voz petralha. A verdade é que a maioria esmagadora dos brasileiros está de olho no Congresso Nacional. Todos sabem de tudo o que está se passando no palco e na coxia. O volume da roubalheira indiscriminada enoja a Nação. Ninguém aguenta mais a mentira, a venda de votos, as maracutaias.

E tudo o que vem acontecendo decorre de um único fato que é escamoteado pela falange jornalística que se transformou num bando de moscas varejeiras. Ninguém fala no fato de que os fatos de agora derivam única e especialmente dos desgovernos do PT. E isso começou lá atrás, quando Lula deu a volta por cima do mensalão. Havia, com sucesso, implantado o esquema do Foro de São Paulo, a organização comunista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, destinada a comunizar todo o continente latino-americano e o Caribe. O exemplo mais candente desse plano diabólico de poder perpétuo, cujo emblema é a estraçalhada Venezuela, tinha como vértice a compra com dinheiro vivo dos cofres públicos de todos os políticos de todos os partidos.


O resultado disso é lastimável. Se expressa no Congresso Nacional hoje habitado por uma gentalha - salvo as raras exceções - que não reúne as mínimas condições morais, éticas e intelectuais para exercer mandato de deputado e senador. Tais condições prescindem de diplomas e pós-graduações. A necessidade primeira para o exercício de mandato parlamentar ou mesmo para o desempenho de qualquer função seja pública ou privada, em qualquer nível, é o mínimo de decência.


Com o estouro do petrolão pela abençoada Operação Lava Jato deu-se uma guinada de 180 graus na política brasileira. É lamentável que a Nação, anestesiada por mais de uma década de mentiras difundidas pelo jornalismo ideológico acumpliciado com o PT, precisou que a podridão viesse à tona para ter pela primeira vez na história do Brasil, a oportunidade de conhecer a verdade dos fatos. Fizeram ouvidos moucos aos poucos sites e blogs independentes, como este aqui, que perseveram no dever de dizer a verdade, de alertar diariamente sobre o marketing mentiroso que elevava a mentira noite e dia à categoria de verdade absoluta. Muita gente boa preferiu silenciar ante os fatos que eram mais do que evidentes. Preferiram ler, ver e ouvir as maiores empulhações do século como verdades, a ponto de que Lula, o chefão da ratolândia ter ao longo desse tempo colecionado inúmeros títulos de 'Doutor Honoris Causa', a ponto de levar seus áulicos a alimentar o desejo de vê-lo agraciado com o Prêmio Nobel da Paz. Tudo isso seria cômico se não fosse trágico.


E a tragédia cada brasileiro experimenta agora de forma nua e crua quando vai a um supermercado comprar alimentos. Já nem falo naquilo que é considerado além das necessidades básicas. Na hora de ter de levar para casa o que comer cada brasileiro, independentemente de classe social, constata de forma dolorosa que os governos de Lula e seus sequazes colocaram o Brasil além do fundo do poço.


Causa espécie portanto que estando todos esses fatos sobejamente conhecidos e experimentados, uma certa imprensa e certos jornalistas, que não são poucos, continuem a alimentar a esperança surrealística de salvar os algozes do povo brasileiro reconduzindo uma comunista maluca (o que já é uma redundância pois todo comunista é psicopata) para terminar de enterrar o que ainda de forma mambembe se encontra de pé. Afinal, estamos a um milímetro da condição dos venezuelanos, aquela mesma condição com a qual Fidel Castro mantém manietado por 56 anos o povo cubano. E esta condição se chama "fome". A fome sempre foi o principal recurso para aniquilar um povo. Foi assim na ex-URSS, é assim na Coréia do Norte e em qualquer lugar onde a maldição totalitária vermelha logrou alcançar seu diabólico intento.


Portanto, neste momento a virada na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados não se restringe e não corresponde a um desejo de Lula e seus sequazes. Na verdade sinaliza que qualquer manobra que ouse tolher a aplicação dos ditames da Lei Maior levantará o Brasil inteiro contra os vendilhões da Pátria.


Finalmente, isso quer dizer de forma clara e absoluta que o processo de impeachment em sua fase terminal no Senado Federal culminará com o afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República por um placar generoso. 


O desdobramento disso tudo no curto prazo será a proscrição do PT bem como de todos os partidos de viés comunista, fascista e nazista. Afinal, ideologicamente, todos são verso de anverso da mesma medalha. Afastar o exotismo psicopático da política é o primeiro passo para tirar o Brasil desse atoleiro que impede o direito do povo brasileiro ter o mínimo de felicidade e, sobretudo, de segurança!


O processo de aprendizagem da política na maioria das vezes é longo e doloroso. Basta ler os bons livros de história


14 de junho de 2016
in aluizio amorim

É FERRO NA BONECA: COM O IMPEACHMENT DA DILMA NO PAPO, SENADO APENAS CUMPRE UM RITUAL. UM NOVO BRASIL PODE NASCER



O Palácio do Planalto e os governistas no Congresso não se seguram de tanto otimismo. Estimam que já somam 60 os senadores que votarão favoravelmente ao impeachment. No julgamento, bastam 54 votos dos 81 senadores para destituir Dilma Rousseff em definitivo. A presidente afastada é acusada de crimes de responsabilidade e contra a Lei Orçamentária, com punições previstas na Constituição Federal.
Se for mesmo confirmada a cassação de Dilma, ela também perderá os direitos políticos pelo período de oito anos.
A cassação de Dilma não a livrará da rebordosa de julgamento das ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF).
Reduzem-se a cada dia, inclusive no PT, os defensores de Dilma. Resta ainda a bancada do holofote, na comissão do impeachment.
Dilma responde, por enquanto, a duas acusações de obstrução da Justiça, com o objetivo de impedir as investigações da Lava Jato. Do site Diário do Poder

14 de junho de 2016
in aluizio amorim

'MAIS MÉDICOS': CUBANOS ABANDONAM O TRABALHO EM POSTOS DE SAÚDE DE ALAGOAS

DOIS DO 'MAIS MÉDICOS SUMIRAM DE PIAÇABUÇU E FELIZ DESERTO


Dois médicos cubanos do programa 'Mais Médicos' abandonaram seus postos de trabalho nas cidades de Piaçabuçu e Feliz Deserto, no litoral sul de Alagoas. As respectivas secretarias de Saúde informaram que ambos os contratos já estavam próximos do fim.


A médica América Miranda, que atuava em Piaçabuçu, está desaparecida desde sábado (11), segundo a secretária de Saúde do município, Joana Paula. "Ela havia falado para uma amiga no sábado que iria para uma festa, porém, dormiria em casa. Ontem ela não foi trabalhar e os colegas achavam que ela estava doente. Mas hoje ela não foi novamente e nós ficamos preocupados achando que algo teria acontecido. Procuramos uma amiga que dividia a casa com ela e, ao entrar na casa, percebemos que a maioria das roupas dela e alguns pertences haviam sumido. O fato curioso é que na sexta-feira ela teria pedido a um auxiliar de serviços gerais do posto de saúde que levasse uma mala até a cidade de Feliz Deserto. Ela não demonstrava que queria viver no Brasil e fazia questão que dizer que iria retornar para Cuba em breve", informou.

Além da Policia Federal, também o Ministério da Saúde e a secretaria estadual de Saúde foram informadas do sumiço, e também foi registrada Ocorrência também na Polícia Civil.

Na cidade de Feliz Deserto, outro caso semelhante aconteceu esta semana. De acordo com Secretaria de Saúde da cidade, o médico cubano

O médico Ariel Hernandéz Moreno, único cubano em Feliz Deserto, também abandonou o trabalho no “Mais Médicos” e seu paradeiro é desconhecido. O secretário de Saúde local, Rosiwellinghton Tavares, o médico cubano chegou a avisar que estava de partida. "Ele foi ontem ao posto que fica na Zona Rural e disse ao coordenador que iria embora para realizar o tratamento médico de algumas pessoas. Sem entender, o profissional teria perguntado a ele o motivo, mas ele não deu explicações. Foi quando ele entregou a chave da casa", disse.

Ainda segundo o secretário, um ofício será enviado ainda nesta terça à Polícia Federal, ao Ministério de Saúde e à Secretaria de Saúde do Estado para informar o desaparecimento do médico.

Ariel Hernandéz era “muito atencioso, um profissional espetacular” – diz o secretário – “até ir na casa das pessoas realizar o atendimento ele ia. Não sei o que aconteceu para ir embora dessa maneira", diz ele.


14 de junho de 2016
diário do poder

CHICO ANYSIO AO VIVO (1975)

JUCA CHAVES AO VIVO (OU MORTO)

A ERA DA ESTUPIDEZ

O MELHOR FLASH MOB DE QUE SE TEM NOTÍCIA

TUDO PASSA...




14 de junho de 2016
postado por m.americo

MIX - FLASH MOB

ATITUDE É TUDO (FLASHMOB)

PARÁBOLA: "A ÁGUIA E A GALINHA"

A HISTÓRIA DE ISRAEL

14 de junho de 2016
postado por m.americo