"Quero imaginar sob que novos traços o despotismo poderia produzir-se no mundo... Depois de ter colhido em suas mãos poderosas cada indivíduo e de moldá-los a seu gosto, o governo estende seus braços sobre toda a sociedade... Não quebra as vontades, mas as amolece, submete e dirige... Raramente força a agir, mas opõe-se sem cessar a que se aja; não destrói, impede que se nasça; não tiraniza, incomoda, oprime, extingue, abestalha e reduz enfim cada nação a não ser mais que um rebanho de animais tímidos, do qual o governo é o pastor. (...)
A imprensa é, por excelência, o instrumento democrático da liberdade." Alexis de Tocqueville
(1805-1859)

"A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas." Winston Churchill.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

NEM FREUD CONSEGUIRIA EXPLICAR AS CIRCUNSTÂNCIAS DA POLÍTICA BRASILEIRA


Resultado de imagem para freud e a politica brasileira charges
Charge do Sponholz (sponholz.com.br)
Para os correspondentes da imprensa estrangeira que acompanham a política na Tropicália, a situação é tão esquisita que eles têm dificuldades para serem entendidos pelos leitores de seus países de origem. Por isso, procuram fazer textos genéricos, sem entrar em detalhes, para não se perderem ao tentar explicar o inexplicável. Realmente, é muito difícil entender que tenha havido uma votação na Câmara que conseguiu atender, aos mesmo tempo, os interesses do atual presidente Michel Temer e do ex-presidente Lula da Silva, que estão em campos opostos. Se os correspondentes estrangeiros passarem adiante essa informação, os editores vão julgar que eles enlouqueceram.
Como se sabe, Temer está todo satisfeito, comporta-se como se tivesse sido inocentado, mas não foi exatamente o que aconteceu, porque ele continua sendo investigado em outros inquéritos, sua folha corrida está sendo preenchida com celeridade, vai acabar competindo com Lula, que faz tempo deixou de ter atestado do bons antecedentes.
INTERESSE DUPLO – Como agora se comenta abertamente, a decisão da Câmara também agradou a Lula e ao PT. Daqui para frente eles podem usar o argumento de que, se um governante flagrantemente corrupto como Michel Temer está preservado de responder por seus crimes, por que o ex-presidente Lula mereceria ser condenado pelo simples fato de ter recebido de presente um apartamento onde jamais morou e que nunca esteve registrado no nome dele?
Agora, conforme o advogado Cristiano Zanin Martins já anunciou, a defesa de Lula ganhou mais uma justificativa para alegar junto à ONU (Organização das Nações Unidas) e à OEA (Organização dos Estados Americanos) que o líder petista sofre implacável perseguição política, pois já é réu em três ações criminais, está condenado a nove anos e meio de prisão, enquanto Temer e os tenebrosos caciques do PMDB continuam inalcançáveis.
Este é o novo argumento a ser utilizado no exterior, junto com a informação de que os procuradores querem que Lula devolva R$ 87,6 milhões aos cofres públicos, agravando a condenação do juiz Sérgio Moro, que só pediu ressarcimento de R$ 16 milhões.
COMO EXPLICAR? – Os correspondentes estrangeiros realmente encontram dificuldades para relatar a situação de Lula. Pelas leis brasileiras, embora ele esteja condenado a nove anos e meio de prisão, pode ser candidato a presidente da República e, se vencer, será empossado e o processo contra ele ficará suspenso até o final do mandato. Como explicar que isso seja normal aqui no Brasil? Além disso, como explicar que o ex-presidente foi condenado, mas continuou solto e nem pagou fiança.
São coisas que só brasileiro entende. Como esses jornalistas estrangeiros conseguiriam explicar que no Brasil o presidente pode criar um alto cargo público exclusivamente para empregar e remunerar sua amante, que passou a ter assessores, motorista, carro oficial com combustível e manutenção, cartão corporativo e lugar cativo nas viagens do chefe de governo ao exterior? E como assinalar que não aconteceu nada a nenhum dos dois, rigorosamente nada, e os gastos da amante com o cartão corporativo passaram a ser considerados segredo de estado? Quem acreditaria numa reportagem desse tipo? Isso nem Freud explica. E os leitores estrangeiros pensar que era brincadeira de Primeiro de Abril.
###
P.S. – No Brasil, todos são iguais na forma da lei. Mas têm uns que são mais iguais do que os outros(C.N.)

04 de agosto de 2017
Carlos Newton

Nenhum comentário:

Postar um comentário