"Quero imaginar sob que novos traços o despotismo poderia produzir-se no mundo... Depois de ter colhido em suas mãos poderosas cada indivíduo e de moldá-los a seu gosto, o governo estende seus braços sobre toda a sociedade... Não quebra as vontades, mas as amolece, submete e dirige... Raramente força a agir, mas opõe-se sem cessar a que se aja; não destrói, impede que se nasça; não tiraniza, incomoda, oprime, extingue, abestalha e reduz enfim cada nação a não ser mais que um rebanho de animais tímidos, do qual o governo é o pastor. (...)
A imprensa é, por excelência, o instrumento democrático da liberdade." Alexis de Tocqueville
(1805-1859)

"A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas." Winston Churchill.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

JANOT QUER CONTINUAR NA PROCURADORIA, MAS HÁ CONTROVÉRSIAS...



O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, formalizou na segunda-feira sua candidatura à recondução ao cargo. A eleição é conduzida pela Associação Nacional dos Procuradores da República, responsável pelo processo de formação de lista tríplice para a disputa. O procurador da República Carlos Frederico também já formalizou candidatura.
O prazo para inscrição de candidatos termina hoje, a campanha começa amanhã (16) e vai até 4 de agosto, um dia antes da escolha da lista tríplice, que será definida por meio de consulta entre os membros do Ministério Público Federal em todo o país..
O mandato de Janot termina em 17 de setembro, mas ele pode ser reconduzido pela presidenta Dilma Rousseff por mais dois anos. Mesmo com essa possibilidade, a eleição interna entre 1,2 mil membros da Procuradoria-Geral da República tem de ser feita para a formação da lista. A apresentação da lista não é obrigatória, mas é feita pela associação dos procuradores desde 2001. A entidade entende que esta é a maneira mais democrática para indicar seu representante.
A presidenta não é obrigada a nomear o candidato mais votado. Porém, o critério é observado desde o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para tomar posse, o procurador precisa ter o nome aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) e pelo plenário do Senado.
###

NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
 – Como perguntava o genial Garrincha, será que Janot combinou sua recondução com os adversários no Senado, tipo Renan Calheiros e Fernando Collor? Com se sabe, o Senado terá de aprovar sua recondução. O assunto é interessantíssimo e vai pegar fogo, podem apostar(C.N.)

18 de junho de 2015
André Richter
Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário